Para quem nunca participou de uma construção, saiba que é comum cometer erros. O problema é que esses equívocos acabam encarecendo e, muitas vezes, atrasando a obra.  Sem falar no desperdício de material que ocorre quase sempre. Por isso, confira os 5 erros mais comuns ao começar uma construção para poder se prevenir:

Dicas de construção

Fonte: Freepik.

1. Não ter um projeto: um projeto de arquitetura ajuda a prever vários custos que podem ocorrer durante a obra. O auxílio dele é não só fundamental, como também uma exigência da atual legislação que rege as construções. Um arquiteto pode lançar um olhar bem diferente e específico sobre a construção, o que tende a resultar num trabalho mais bem executado.

2. Escolher materiais só pelo preço: existem materiais de baixo custo que são de boa qualidade. Outros, nem tanto. Por isso, é necessário observar bem as especificações de cada produto para saber se serve para o que você deseja. Geralmente, um projeto de arquitetura já especifica o material que deve ser comprado e as lojas que o possuem.

Desconfie de valores muito baixos, pois podem ser sinônimo de falta de qualidade. Você verá que existe sim uma faixa de preço que a maioria das lojas pratica e, quando os valores estão muito abaixo (ou acima) é preciso verificar o que está acontecendo. Buscar por indicações de lojas que praticam preços melhores é sempre uma ótima ideia.

Erros na construção

Fonte: Freepik.

3. Começar a construção e parar: quem não se planeja direito precisa, muitas vezes, paralisar a obra, gerando vários transtornos. Além do projeto não ser mais entregue dentro do cronograma original, parar uma obra no meio pode fazer com que o que já está pronto se deteriore. Portanto, cuidado!

O ideal é planejar, comprar materiais, contratar a mão de obra e ter sempre uma reserva, pois contratempos acontecem em qualquer construção. Se você precisar executar uma grande obra, mas a verba disponível não for suficiente, converse com seu arquiteto sobre a possibilidade de realizar a obra em partes. Somente um profissional pode indicar a melhor forma de executar uma construção.

4. Contratar uma equipe desconhecida: para executar uma obra é preciso uma empresa que forneça equipe completa com gerentes, supervisores, pedreiros, auxiliares, eletricistas, especialistas em hidráulica, instaladores de piso, etc. O problema é que nem sempre conhecemos empresas para executar a obra e acabamos deixando-as nas mãos de desconhecidos.

O principal problema em contratar uma empresa desconhecida é não conhecer o trabalho dos profissionais, o que geralmente nos deixa bastante inseguros. O ideal é buscar por indicações de conhecidos, no mercado ou mesmo do arquiteto responsável pela obra. Isso aumenta a probabilidade de obter um resultado mais bem-sucedido. Pode-se também solicitar o atestado de capacitação técnica da empresa, além do currículo com contato de clientes para verificação.

Os 5 erros mais comuns ao começar uma construção

Fonte: Freepik.

5. Não assinar contratos: esse é, talvez, o pior dos erros que podemos cometer ao começar uma construção. O contrato é uma formalidade que nem todos gostam de fazer, mas totalmente necessária para assegurar que todas as partes envolvidas cumpram o que está especificado e no prazo determinado.

Sem um contrato fica bem difícil correr atrás dos próprios direitos, caso a empresa não consiga realizar tudo o que foi prometido. Há casos, inclusive, em que se recebe o dinheiro e não se entrega a obra, acarretando várias dores de cabeça que poderiam ser resolvidas com facilidade caso houvesse um contrato assinado e registrado.

Por fim, exigir que o projeto esteja em conformidade com a NBR15575 – Norma de Desempenho para Edificações Habitacionais, garantindo-se assim a qualidade do serviço e do material empregado.

Deixe seu Comentário

comentários