Organizar um escritório nem sempre é uma tarefa fácil. Por isso, o uso de divisórias em espaços comerciais e corporativos tem se tornado bastante frequente: elas podem auxiliar na organização do espaço, facilitando assim a distribuição do mobiliário em seus diversos setores e contribuindo com a estética e funcionalidade do escritório.

Divisórias de escritório

Fonte: Casa3 Arquitetura.

As divisórias em um escritório servem para dividir e setorizar os diversos ambientes, separando-se as mesas (landscape) ou, ainda, criando-se espaços privados (divisórias piso teto), como, por exemplo, salas de reunião. Essa divisão irá auxiliar na organização da empresa através da otimização do espaço físico disponível.

Organizar um escritório compartimentado com divisórias, quando bem implementadas, pode tornar-se uma tarefa bastante simples. Espaços de convivência, por exemplo, quando criados, tendem a facilitar a interação entre os colaboradores multiplicando-se assim a comunicação entre os diversos setores da empresa. Além disso, a divisão do espaço, pode também facilitar a concentração e o gerenciamento das tarefas de cada setor.

Em grandes ambientes, a organização do escritório com divisórias ajuda na criação de espaços mais privativos, principalmente para aqueles usuários que precisam de maior concentração no desenvolvimento de suas atividades diárias. Realizar tarefas que exijam detalhamento e concentração em locais onde pessoas trafegam intensamente pode não ser o ideal. Principalmente porque as pessoas acabam utilizando esses espaços para conversar e atender seus celulares, por exemplo. Neste caso, as divisórias além de compartimentar os ambientes, atuarão auxiliando na diminuição dos ruídos e, consequentemente, contribuindo para a concentração dos profissionais.

Organização de escritórios com divisórias

Fonte: Casa3 Arquitetura.

As divisórias industriais são uma opção clara às tradicionais paredes, seja em alvenaria ou drywall, quando se deseja efeitos diversos. As em vidro, por exemplo, podem permitir a interação visual entre os diferentes profissionais e setores, sem isolá-los completamente, mantendo a amplitude do espaço.

Empresas que tentaram implementar o conceito “open space office” e não obtiveram bons resultados tendem a investir em divisórias para buscar uma melhora no rendimento dos seus colaboradores. A decisão por divisórias, versus a construção de paredes, parece ser a mais acertada quando também se procura rapidez e praticidade.

Outra vantagem das divisórias é sua mobilidade, pois caso a empresa tenha a necessidade de mudar seu layout, expandir algum departamento ou, ainda, precise mudar sua sede de endereço, as divisórias podem ser retiradas e repaginadas de acordo com a nova demanda, criando-se assim espaços mais funcionais para a nova realidade.

Quando especificadas corretamente, as divisórias também podem funcionar como condutores de cabos, por entre seus perfis e receber tomadas e interruptores, melhorando assim a organização do ambiente e dando opções para a disposição de móveis e eletrônicos. A utilização de divisórias apropriadas, juntamente com móveis corporativos adequados, elimina o problema dos cabos aparentes, um dos principais poluidores visuais dos escritórios.

Espaço corporativo com divisórias

Fonte: Casa3 Arquitetura.

Para a implementação inteligente de divisórias em um escritório é importante, primeiramente, a contratação um escritório de arquitetura corporativa para analisar o espaço e desenhar o projeto. Os profissionais de arquitetura contratados irão realizar os estudos necessários sobre o espaço para dividi-lo de forma a tornar o escritório funcional e confortável para seus usuários.

O escritório de arquitetura, ao organizar o espaço com divisórias, indicará quais os materiais mais apropriados ao projeto, além da disposição adequada para a melhor divisão dos ambientes, sempre que possível preservando a iluminação natural e a interação dos colaboradores com o ambiente externo. Desta forma, o ambiente agora subdividido, permanecerá organizado, funcional e interativo.

Deixe seu Comentário

comentários