Escritórios como os do Google ou do Facebook, modernos, coloridos e com layout aberto, são muito legais e enchem os nossos olhos. No entanto, ter um escritório tão legal não precisa ser mérito apenas das empresas gigantes internacionais. Arquitetura e informalidade no ambiente de trabalho podem andar juntas, não importa o porte ou a localização da empresa.

Arquitetura e informalidade no ambiente de trabalhoSede do Facebook na Califórnia. Fonte: Matt Harnack/Facebook.

Empresas mais jovens, principalmente start ups, tendem a promover um ambiente mais informal para seus funcionários, buscando incentivar a comunicação, a colaboração e o compartilhamento entre as pessoas na busca de soluções criativas, o que pode não só melhorar os relacionamentos interpessoais dentro da empresa, como também aumentar a produtividade.

No entanto, é preciso entender que arquitetura e informalidade no ambiente de trabalho não é só derrubar algumas paredes e pintar as que sobraram com tintas coloridas. É preciso sim planejamento e execução primorosa de um projeto de arquitetura corporativa pensada especialmente para a empresa. Afinal, nem sempre o que está na moda é bom para todo mundo.

Ambiente de trabalho informalEscritório do Google em Paris. Fonte: Jacques Brinon/Reuters

O projeto ajudará não só a organizar o ambiente geral da melhor forma, como também atenderá as necessidades individuais de cada funcionário. Assim, o trabalhador recebe um espaço personalizado, funcional e inserido em um local bem decorado, incentivando-o não só a desenvolver suas atividades de forma criativa, mas também a se divertir enquanto trabalha, o que é fundamental para que o funcionário permaneça na empresa.

Proporcionar um ambiente personalizado e funcional para os funcionários envolve não só disponibilizar espaço suficiente para cada um desenvolver sua função, como também ter móveis bonitos e ergonômicos de boa qualidade: mesas e cadeiras devem ser confortáveis e adaptadas às necessidades, assim como a disponibilidade de espaços adequados para guardar seus materiais e objetos pessoais.

O design do ambiente de trabalho é fundamental para dar a aparência moderna e colorida desejada. No entanto, cada elemento deve ser pensado individualmente e em conjunto, de forma a criar distrações que façam com que os funcionários percam facilmente a concentração e o foco ou uma decoração totalmente inadequada a um ambiente de trabalho.

Sala de descompressãoEscritório da Telecine. Fonte: Casa3 Arquitetura.

E, apesar desse sentimento de colaboração ser forte e estar no centro das discussões sobre arquitetura e informalidade no ambiente de trabalho, também é preciso lembrar que os funcionários precisam manter certa individualidade. Para tanto, vale a pena também permitir que os funcionário personalizem suas estações de trabalho com alguns elementos pessoais, como fotografias, calendários, porta-lápis, etc. Dessa forma, é provável que eles se sintam mais em casa e parte integrante e importante da empresa.

Biombos e divisórias baixos podem ser utilizados sem nenhum dano ao layout do escritório, também para ajudar num momento maior de concentração, assim como paredes de vidro podem delinear a sala de reuniões. O vidro, aliás, é um excelente isolante acústico e, por isso, bastante utilizado para divisão de espaços, sem acarretar perdas para o projeto de um espaço aberto.

Ambiente de trabalho informalInstituto Infnet. Fonte: Casa3 Arquitetura.

Outra característica interessante neste tipo de projeto de arquitetura mais informal são as áreas de descompressão e convivência, em que os funcionários podem passar um tempo e se afastar do trabalho sem precisar sair da empresa. Muitas empresas tem investido fortemente nessas áreas de relaxamento, tendo em vista que até os contatos entre funcionários fora do horário em que estão trabalhando pode ser muito benéfico para o aumento da produtividade.

Grandes empresas podem destinar muito dinheiro para essas áreas e investir, inclusive, em jogos e aparelhos eletrônicos. Mas, para quem quer investir em uma área de convivência na empresa e não tem muita verba para isso, não precisa desistir da ideia. Um espaço pequeno, porém confortável e arejado, propício para os funcionários passarem um tempo conversando e descansando, pode ser considerada uma boa área de descompressão.

Arquitetura informal para empresasEscritório da Gapso. Fonte: Casa3 Arquitetura.

Arquitetura e informalidade no ambiente de trabalho podem estar juntas sem acarretar nenhuma perda para a empresa. Para tanto, quem deseja transformar o ambiente de trabalho, certamente precisará de um bom projeto de arquitetura corporativa, como os desenvolvidos e executados pela Casa 3 Arquitetura.

Deixe seu Comentário

comentários